Skip to end of metadata
Go to start of metadata

1. Instale o Xdebug

Para usar o Xdebug com o PhpStorm para debugar aplicações PHP você precisa ter o ambiente de desenvolvimento PHP devidamente configurado e com o Xdebug instalado; isto está além do controle do PhpStorm. Para mais informações sobre configurar o ambiente de desenvolvimento PHP pode ser encontrado no nosso Help Web.

Tenha certeza de que você instalou o Xdebug corretamente. Veja que sua versão do Xdebug deve bater com a versão do PHP que você tenha ( pense no número de versão do PHP e se é thread-safe ou non-thread-safe) e instalada como zend_extension. Não esqueça de configurar a diretiva xdebug.remote_enable para 1 no php.ini. Informações detalhadas sobre como configurar o Xdebug podem ser encontradas aqui. Você pode usar o gerenciador de pacotes de sua distribuição se estiver usando Linux, usar o pecl se o mesmo estiver configurado no seu ambiente ou mesmo baixá-lo e compilá-lo a partir dos fontes, que podem ser encontrados no site do Xdebug.

Você pode conferir a configuração executando php --version no terminal

Alternativamente execute uma página executando a função phpinfo(); e tenha certeza de que a extensão Xdebug está habilitada. A seção xdebug do documento com a versão instalada deve estar disponível.

2. Prepare o PhpStorm

Ative o botão “Listen debugger connections”. Não use quaisquer configuração de execução.

3. Posicione um breakpoint no código


Você pode ainda, além de sinalizar um breakpoint manualmente, usar a opção "Run > Break at first line in PHP scripts" para ter um breakpoint automático na primeira linha de execução para cada script PHP que você debugar.

4. Ative o debugger no servidor

Para ativar o debugger você precisará configurar um parâmetro GET/POST ou um COOKIE especial (clique aqui para detalhes). Você pode fazer isso manualmente mas é bem mais conveniente usar uma ferramenta especializada, como uma toolbar no navegador ou um bookmarklet para tal.

Experiemente nosso gerador de bookmarklets do PhpStorm e obtenha bookmarklets que funcionam em qualquer navegador atual e te permitirá iniciar e finalizar uma sessão de debug controlando o cookie do Xdebug.

 Como adicionar os bookmarklets para iniciar e finalizar a sessão de debug na toolbar de seu navegador

Os nomes de menus e opções podem variar dependendo de qual for seu navegador. Esta seção está baseada no Firefox.

4.1. Habilite sua Bookmarks Toolbar ou Barra de Favoritos (Exibir | Barras de ferramentas | Barra de Favoritos)

  

 4.2. Navegue para http://www.jetbrains.com/phpstorm/marklets/

4.3. Clique em Generate sob no bloco do Xdebug, então arraste os links “Start debugger” e “Stop debugger” da seção Debug para que se fixem na barra de favoritos.

  

5. Inicie uma sessão de debug no navegador

6. Atualize a página atual

7. Configure os mapeamentos de diretórios iniciais

Alterne para o PhpStorm e configure os mapeamentos iniciais de diretórios selecionando o caminho para a cópia local do script que você está debugando. Esses caminhos são similares se você está editando arquivos diretamente no servidor. O painel “Incoming Connection” deve aparecer automaticamente.

8. Debug!

Após alcançar o breakpoint o debugger é "pausado". Agora vamos investigar a aplicação.

Resolvendo Problemas

Em alguns casos você pode obter a mensagem “Remote file path ‘caminho/para/o/script/no/servidor.php’ is not mapped to any file path in project“ ou “The script ‘caminho/para/o/script/no/servidor.php’ is outside the project.” Isso significa que o PhpStorm não consegue se certificar que o arquivo local corresponde ao remoto especificado no caminho.

  
Você pode resolver esse problema rapidamente.Apenas configure o mapeamento de caminhos necessário clicando na referencia relevante.

  

  • No labels