Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Este tutorial vai guiá-lo desde o download da versão apropriada do MAMP, a instalação, inicialização de seus componentes e integração com o PhpStorm.

Também há o XAMPP para o Mac OS X, que é bem similar em funcionalidades. Para saber mais sobre esse pacote multiplataforma você pode consultar o tutorial Instalando e configurando o XAMPP com o PhpStorm.


O MAMP é um pacote para Mac OS X (e mais recentemente para Windows também) contendo o Servidor HTTP Apache, banco de dados MySQL, interpretador PHP e algumas bibliotecas. A palavra MAMP é um acrônimo, onde M significa "My", e as outras letras representam cada um dos componentes do pacote (Apache, MySQL e PHP).

O Mac OS X vem com um interpretador PHP e um servidor Apache pré instalados, então bastaria você configurá-lo de acordo com o o tutorial publicado no php.net. A configuração no PhpStorm é similar aquela descrita neste tutorial. Instalar pacotes adicionais e configurar o ambiente pode ser um tanto quanto trabalhoso, então este guia vai te mostrar como configurar tudo de uma vez em um ambiente separado com o pacote MAMP.

O MAMP é confiável e a maneira mais rápida de configurar um ambiente para desenvolvimento PHP. Ele provê todos os componentes requeridos para desenvolver, executar, depurar e fazer testes unitários de aplicações PHP. O MAMP é uma boa alternativa para instalar e configurar um Servidor Web, uma engine PHP, um servidor de bancos de dados e uma engine de depuração separadamente. Tudo o que você precisa para começar a desenvolver é baixar o MAMP, extrair o arquivo, e iniciar os componentes usando o painel de controle do MAMP.

Requisitos

Antes de começar, os seguintes items devem estar disponíveis em seu sistema:

Configuração deste tutorial

Este tutorial foi feito com a seguinte configuração:

Mac OS X 10.10 Yosemite

MAMP 3.0.7.3

PhpStorm 8.0.1

Há ainda uma edição do MAMP para Windows que é bastante similiar. Com algumas adaptações com relação aos caminhos do sistema você pode utilizar as informações nesse tutorial para utilizar o MAMP para Windows.

MAMP

Downloading the MAMP installer

A partir da página de downloads do MAMP, encontramos os requerimentos de sistema para a instalação, que a partir da versão 3 precisa de pelo menos o Mac OS X 10.6.6 (Snow Leopard) e processador 64 bits. Basta clicar em Download para iniciar o processo.

Estamos baixando um pacote .pkg. Ao término do download execute o pacote.

Instalando o pacote MAMP

O instalador do MAMP é bem simples e intuitivo. Usando o botão Continuar (ou Continue se seu Mac estiver em inglês) navegamos por todos os passos da instalação.


Clique no botão Fechar (Close) para concluir a instalação.

Painel de Controle do MAMP

Após a instalação podemos usar o Painel de Controle do MAMP para realizar diversas ações como iniciar e parar os servidores e alterar configurações. O Painel de Controle do MAMP pode ser encontrado no diretório Aplicações/MAMP (ou Applications/MAMP). Recomenda-se que você o arraste para sua Dock para que tenha acesso fácil a ele.

Iniciando e parando os servidores

Para iniciar o Apache e o MySQL clique no botão Start Servers. Se os servidores estiverem em funcionamento os itens no topo da janela, Apache Server e MySQL Server, estarão marcados e o botão tornar-se-á Stop Servers, que você pode utilizar para parar os servidores.


Você pode configurar o MAMP clicando no botão Preferences.... Há várias opções disponíveis:

  • Start/Stop: onde você configura quais ações serão tomadas ao iniciar o Painel de Controle do MAMP, como já iniciar os servidores por exemplo (Start servers) e se queremos que os servidores parem quando encerramos o painel de controle.
  • Ports: onde configuramos as portas de rede que Apache e MySQL usarão. Por padrão o MAMP as configura para que não conflitem com qualquer serviço existente (como é o caso do Mac OS X que já tem um servidor web embutido)
  • PHP: Aqui é possível selecionar a versão do PHP a ser utilizada e selecionar uma ferramenta de cache de objetos, tais como APC, XCache ou Zend OPcache. Por hora vamos desligar o cache selecionando off.
  • Web Server: aqui podemos selecionar se vamos usar o Apache ou Nginx e qual o Document Root (diretório a partir do qual o servidor web proverá arquivos). Manteremos o Apache selecionado. Vamos precisar da configuração do Document Root mais adiante neste tutorial.

Vamos iniciar os serviços clicando em Start Servers.A página inicial do MAMP será aberta no seu navegado padrão (http://localhost:8888/MAMP/). Esta página contém informações sobre seu ambiente e alguns links úteis.

Integrando o MAMP com o PhpStorm (ou IntelliJ IDEA)

Agora que temos o MAMP instalado e com seus servidores funcionando, vamos orientar o IDE para que se utilize de seus componentes e saiba como estão configurados.

Integrando o executável do PHP

Vamos começar registrando o executável PHP do MAMP no PhpStorm. Estando em um projeto PHP podemos fazer isso acessando as configurações pelo menu File → Settings menu ( ou pelo atalho Cmd + Shift + S), e navegando para Project Settings → PHP.

Com o IntelliJ IDEA e PhpStorm, podemos ter diversos interpretadores PHP registrados, dependendo da versão e configuração necessária para cada projeto. Todas as instalações já registradas estão disponíveis no componente Interpreter:

Podemos adicionar o interpretador PHP da instalação do MAMP clicando no botão de navegação (). Isto exibirá a janela Interpreters.

  1. No painel da esquerda, clique em Adicionar (+).
  2. Selecione "Other Local..."
  3. Configure o Caminho para onde está o executável PHP no MAMP
    1. por padrão em /Applications/MAMP/bin/php/php<versão do php>/bin, onde <versão do php> nesse caso é 5.6.2
  4. O IDE verifica se o diretório selecionado contém um executável PHP, detecta sua versão e a mostra logo abaixo do campo PHP home. A partir do PhpStorm 7 ele também verifica se há um depurador instalado.
  5. Dê um nome para esta configuração no campo Name, como "PHP do MAMP" por exemplo.

Podemos salvar estas configurações clicando em OK. Agora podemos selecionar o "PHP do MAMP", que acabamos de criar, no campo Interprepreter.


Nosso IntelliJ IDEA ou PhpStorm agora vai utilizar o executável PHP do MAMP por padrão nesse projeto.

Integrando com o depurador

O PhpStorm oferece um poderoso depurador com breakpoints e que pode inspecionar variáveis em tempo de execução. Para mais informação sobre o depurador do PhpStorm, dê uma olhada nos seguintes artigos (em inglês):

Icon

Lembre-se que se você estiver usando o MAMP PRO, os arquivos httpd.conf, php.ini e my.cnf devem ser editados pelo Template Editor provido pelo MAMP PRO. Vá para File → Edit Template para editar os arquivos. Quando o MAMP PRO inicia, os servidores Apache e MySQL usam esses templates para criar do zero os arquivos de configuração citados, apagando os anteriores.

Integrando o servidor web Apache

A interação entre o IntelliJ IDEA ou PhpStorm servidores Web, FTP e outros é suportada pelo plugin embutido Remote Hosts Access. O IDE acessa os servidores usando as configurações especificadas nos servidores registrados.

Estas configurações são criadas e gerenciadas na seção Project Settings → Deployment das configurações, ou pelo menu Tools → Deployment → Configuration. Agora vamos criar uma configuração:

  • A partir do painel à esquerda, clique em Adicionar ( + ).
  • Será exibida uma janela para adição de servidor.
    • Insira um nome para este servidor, "Apache do MAMP" por exemplo.
    • Selecione Local or mounted folder. Não vamos desenvolver diretamente no diretório do MAMP, então os arquivos devem ser copiados para ele.
  • No campo Folder, clique em [ ... ] para navegar até o diretório htdocs (que vimos na aba Web Server, em Preferences, a partir do Painel de Controle do MAMP) para selecioná-lo, ou insira o diretório manualmente.
  • Em Web server root URL, modifique o valor, de acordo com a configuração do MAMP. Se nada foi modificado, o URL deve ser http://localhost:8888.

Você pode clicar em Open para validar se está tudo correto, abrindo o diretório web do MAMP no navegador padrão. Se tudo estiver certo, clique em OK na janela de configuração do IDE para concluir este passo.

Integrando o servidor Mysql

O IntelliJ IDEA e o PhpStorm permitem que você conecte-se diretamente ao MySQL do MAMP. Certifique-se de que o MySQL esteja rodando através do Painel de Controle do MAMP. 

Agora, a partir do IDE, verifique a margem direita pela ferramenta Database, ou pelo menu View → Tool Windows → Database.

Abrindo o painel de banco de dados, podemos criar uma nova conexão abrindo o menu de contexto (botão direito do mouse) ou clicando em adicionar ( + ), e navegando no menu que aparecerá por Data Source → MySQL.

Agora vamos inserir os detalhes da conexão. Caso nenhuma configuração do MySQL no MAMP tenha sido alterada, preencha os campos na janela de configuração Data Sources and Drivers com os seguintes dados:

  • Host: localhost
  • Port: 8889
  • User: root
  • Password: root
Icon

Manter a senha padrão não é o ideal, mesmo para um ambiente de desenvolvimento. Para alterar a senha do usuário root, siga o How-To na documentação do MAMP.

Provavelmente você não terá os drivers de conexão do MySQL instalados no PhpStorm. Se este for o caso, aparecerá uma mensagem na parte inferior dessa janela "Driver files missing: Download MySQL driver files". Clique em Download e o IDE vai baixar os drivers necessários para o acesso.

Você pode testar se a conexão foi realizada com sucesso clicando no botão Test Connection

Finalize a configuração clicando em OK. Agora podemos criar tabelas, executar consultas SQL, atualizar os registros de tabelas e muito mais.

  • No labels