Skip to end of metadata
Go to start of metadata


Conhece o Vagrant? Ele é uma ferramenta que auxilia na criação de ambientes de desenvolvimento de maneira reproduzível. Com o Vagrant você pode configurar uma maquina virtual a partir de scripts e compartilhar um ambiente uniforme para outros desenvolvedores, que podem usufruir do mesmo ambiente com um simples comando vagrant up.

O PhpStorm vem com suporte integrado ao Vagrant e este tutorial vai mostrar como começar a usá-lo diretamente do IDE.

Requisitos

Para trabalhar com o Vagrant no PhpStorm você vai precisar do seguinte instalado no seu sistema:

Vagrant

Você pode baixar o Vagrant a partir do site oficial, onde você também tem maiores detalhes sobre sua instalação.

Oracle VirtualBox.

No site do Oracle VirtualBox você tem diversas opções de download, assim como instruções de instalação.

Configurações de projeto para o Vagrant

A partir das configurações (File → Settings) navegue até Tools → Vagrant. Neste painel, configure os parâmetros solicitados para que a integração se suceda. O campo Vagrant executable deve ser preenchido corretamente. O campo Instance folder serve para configurar a localização da instância - deixá-lo em branco indica que o diretório do projeto será utilizado. Podemos ainda configurar o provedor e variáveis de ambiente.
Na parte inferior desse painel temos duas abas: Boxes e Plugins. Ambas são ferramentas para gerenciar particularidades da sua instalação do Vagrant.

Vamos adicionar nossa primeira box: na aba Boxes, clique no botão de adicionar [ + ] para exibir o diálogo de adição de Box. Insira utopic64 em Box name e a url https://cloud-images.ubuntu.com/vagrant/utopic/current/utopic-server-cloudimg-amd64-vagrant-disk1.box em Box URL e clique em OK.

Como este é um download que pode demorar, você pode clicar em Background no diálogo seguinte para que a operação aconteça em segundo plano.

Provedor

Icon

São os destinos da execução do Vagrant. Estamos usando o Oracle VirtualBox neste tutorial, mas você pode ainda usar o VMWare, DigitalOcean, AWS, entre outros. Para mais informações visite a documentação sobre Provedores.

Boxes

Icon

São como templates: um pacote com um sistema operacional pré configurado sobre o qual o Vagrant vai aplicar uma determinada configuração. Veja a documentação para saber mais sobre Boxes.

Dica

Icon

Você pode encontrar Boxes no catálogo público da HashiCorp e no Vagrantbox.es. Caso use o primeiro você pode usar somente a identificação da Box nos campos Box name e Box URL do diálogo Add Vagrant Box, no formato usuario/box, além de ser recomendado pela produtora do Vagrant.

Inicialize um VagrantFile

O VagrantFile contém toda a informação sobre a máquina virtual, como o endereço IP, mapeamento de portas e memória a ser configurada no Provedor. Além disso, ainda pode especificar quais diretórios serão compartilhados e quais aplicações/pacotes devem ser instalados no Box.

O VagrantFile pode ser criado manualmente ou usando o PhpStorm, através do menu Tools  Vagrant → Init in Project Root.

Que vai disparar a criação de um VagrantFile padrão.

Dica

Icon

Há algumas ferramentas online que ajudam na geração do Vagrant File, e tiram proveito de Provisionadores para organizar a configuração da máquina virtual. As mais conhecidas, especializadas em configurações de ambientes PHP são o PuPHPet e o Phansible.

Vagrant up!

Uma máquina Vagrant pode ser iniciada a partir do menu Tools → Vagrant → Up. Isso vai configurar uma máquina no VirtualBox, se ainda não o tiver feito, e inicializá-la.

A processo pode ser acompanhado no painel Run.

Assim que acabar, a maquina Vagrant estará pronta para o uso.

  • No labels